Tuesday, October 09, 2007

meditação, comprimidos e alongamento

Luzes apagadas, incensos, krishna das no cd player e dois dias inteiros sem dormir, sem ver tv, ler jornal ou falar com os malditos cabrões que agora estão ocupando o mesmo teto que eu. Depois que entrei nesta paranóia hindu percebi que pensar é chato, cansa e me deixa ansioso. Mente vazia e corpo limpo, isso que é bom.

Gandhi disse: "não há caminhos para paz, a paz é o caminho". Acabei escrevendo na porta do apartamento: "não tem estrada pra loucura, a loucura é o caminho." Carreguei dois galões de água pro quarto, quatro comprimidos e fiquei pelado em posição de lótus. Achei conveniente trancar a porta. Ommm........

No 2º comprimido eu sentia cada moléucula do meu corpo vibrando. Percebi que algumas células perto da virilha estavam em processo de divisão: 2,4,8,16, meu deus, se não parar por aí vai nascer outro pinto em mim. Puta que pariu, que sede! Hellfrick, seu corpo é o parque de diversão de si mesmo e o carrossel tá paradinho no mesmo lugar. 1 segundo é igual a que? Aliás. 1 milésimo de segundo equivale a quanto tempo? Você é quem sabe Hellfrick, sinta o "agora" e divirta-se com a felicidade. Uuuuhhhuuu.... eu amo todos vocês, mendigos, ladrões de mochila, diretores retardados, gerentes de merda. Amo você meu caro leitor. Ommmmmm....

A grande bola azul agora cobre o quarto todo. Um refletor dentro do meu peito dever ter registrado 1 milhão de watts. É possível que meu cabelo esteja em pé. Alías todos os meus pêlos estão em pé e meu pinto acusando 360 graus. Que sensação. Opa, a coisa ficou séria. A energia concentrou no pau, no saco, nas bolas. Sigo de olhos fechados, recuso me abri-los. Tá tudo queimando ali... “Poooorra Claudinha, tá fazendo o que aqui? Ta loca? Como é que entrou?” “Esqueceu que eu tenho a chave baby? Não lembra mais que tem namorada? Deve ter esquecido né, três dias sem dar notícias, sem atender o telefone, fiquei preocupada e vim até aqui.” “Você não leu o bilhete na porta do quarto? Te passei um e-mail ontem avisando que eu ia fazer yoga no fim de semana.” “Poxa vida Hellfrick, senti saudades, queria te ver, sei lá, transar, daí entro no seu quarto, você pelado, com o pau de um jeito, que desde a primeira vez que fudemos eu nunca tinha visto, quis te fazer uma surpresa, achei que tava gostando.” “Na verdade estava bom sim.” Mas a verdade mesmo era que meu corpo ficou faminto naquela garota falando sem parar. Um congresso de células tinha acabado de acontecer e a decisão foi: atacar. Aquela coisa toda, meditação, comprimidos, alongamento acabaram me dando uma puta vontade de fuder alguém. Nem preciso dizer pra onde o sangue voltou a se concentrar. “Desencana Claudinha. Engole uma balinha que ta aí no criado, enche um copo’dágua, chupa este Halls preto e apaga a luz.”

4 Comments:

Diovany Rodrigues (diopublicidade@yahoo.com.br) said...

Meu deus...parece que alguem está mesmo afim de ver o que tem do outro lado da porta...caso consiga favor mandar uma cópia da chave para:
Av. Juca Stockler, 559-A - bairro Belo Horizonte - Los Angeles (Passos?)

bom texto...

carloscaseiro.blogspot.com

Little Soul said...
This comment has been removed by the author.
Little Soul said...

"Ai meu Deus, como queria ser essa tal de Claudinha."

Viva Buda!

Anonymous said...

Amiable fill someone in on and this post helped me alot in my college assignement. Say thank you you on your information.